CAMPANHAS

 

Campanha PEDOFILIA NÃO!

"É dever de todos zelar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor." (Art. 18 do Estatuto da Criança e do Adolescente)

     O Corpo de Socorristas do Brasil numa ação integrada com as autoridades competentes, contando com o trabalho dos Oficiais Voluntários e o apoio de toda sociedade, lança a Campanha PEDOFILIA NÃO! a fim de combater o abuso sexual infanto-juvenil.

Objetivos da campanha:

:: Incentivar a denúncia.
:: Desenvolver atividades de esclarecimento e orientação.
:: Prestar assistência jurídica e psicológica às vítimas e seus familiares.
:: Promover passeatas e palestras visando mobilizar a sociedade no combate à pedofilia.

    A criança ou o adolescente que sofre abuso sexual perde mais que a inocência do corpo. As vítimas perdem a inocência da alma; são violentadas na confiança que depositavam nos adultos, são roubadas em seu amor. O abuso deixa marcas pela vida inteira.

    Agora, enquanto você lê esse texto, um inocente sem a menor chance de se defender sozinho pode estar sofrendo abusos. Para interromper esse ciclo de violência, silêncio e omissão é necessária a colaboração de todos.

Diga não à pedofilia.

Seja um Oficial Voluntário do CSB e participe desta campanha.

Inscreva-se aqui!

:: :: ::

Campanha em benefício às vítimas das enchentes

     "Em situações de calamidades e catástrofes somos todos vulneráveis.
Ajude-nos a continuar ajudando!"

As enchentes são fenômenos naturais que ocorrem com freqüência nas grandes cidades, trazendo transtornos às pessoas que, muitas vezes, acabam perdendo seus bens e até mesmo suas moradias.

     Antigamente, antes das cidades se formarem, a água era toda absorvida pela terra. Quando o homem começou a construir casas e prédios e passou a retirar a vegetação para asfaltar as ruas, as enchentes viraram um grande problema. Sem as raízes das árvores, que funcionam como esponjas que retêm a água no solo, o volume de água que volta para os rios aumenta muito fazendo-os transbordar, e os resultados são calamitosos.

     No intuito de auxiliar a população menos favorecida, o Corpo de Socorristas do Brasil lançou uma campanha para a arrecadação de roupas, calçados, cobertores, remédios, eletrodomésticos, equipamentos, produtos de limpeza e higiene pessoal, móveis, enfim, tudo aquilo que possa ser útil de alguma forma.

     Colabore conosco nesta missão e receba nosso "Certificado de Pessoa / Empresa que Valoriza a Vida".

     O CSB conta com a sua participação!

As doações serão retiradas no local.

Contate-nos

:: :: ::

Campanha de Doação de Sangue

     O Corpo de Socorristas do Brasil convida a população à participar da Campanha de Doação de Sangue para abastecer os estoques do Banco de Sangue que supre as necessidades dos hospitais.

Podem doar:

:: Homens e mulheres com idade entre 18 e 65 anos.
:: Homens e mulheres com peso superior a 50 Kg.
:: Homens que doaram sangue há mais de 60 dias.
:: Mulheres que doaram sangue há mais de 90 dias.

Não devem doar:

:: Mulheres que estejam grávidas ou amamentando.
:: Mulheres que sofreram aborto ou tiveram filhos a menos de 3 meses.
:: Quem teve Hepatite após os 10 anos de idade.
:: Quem teve contato com o transmissor da Doença de Chagas (Barbeiro).
:: Quem teve Malária ou esteve em região endêmica nos últimos 6 meses.
:: Quem sofre de Epilepsia.
:: Quem tem ou teve Sífilis.
:: Quem é Diabético.
:: Quem fez tatuagem há menos de 1 ano.
:: Quem recebeu transfusão sangüínea ou hemoderivados nos últimos 10 anos.
:: Quem não faz uso de preservativos nas relações sexuais.
:: Quem teve relações sexuais com 2 ou mais parceiros nos últimos 3 meses.
:: Quem faz uso de drogas injetáveis.

Antes de ir doar você deve:

:: Levar o Documento de Identidade (RG).
:: Estar bem alimentado.
:: Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.
:: Não ter fumado nas 2 horas que antecedem a doação.
:: Tomar muito líquido durante todo o dia da doação.

ATENÇÃO: Você só deve dirigir após 30 minutos da doação.

     Antes da doação você passará por uma entrevista com objetivo de detectar alguma condição adicional que venha a impedir sua doação.

     Após cada doação serão realizados os seguintes testes: Tipagem Sangüínea ABO e RH, Pesquisa de Anticorpos Eritrocitários Irregulares, Teste de Coombs Direto, Fenotipagem do Sistema Hh Hr (D,C,E,c,e), Fenotipagem de outros sistemas, Teste Sorológico para: Hepatite B e C, Doença de Chagas, Sífilis, HIV (AIDS), HTLV I/II.
      Os resultados dos testes acima serão encaminhados pelo correio para o endereço que o doador fornecer.

     Procure o hospital para doar sangue mais próximo da sua residência ou trabalho no site do Banco de Sangue de São Paulo. www.bssp.com.br

Fonte: Banco de Sangue Paulista
Colaboração: Rosana Resende de Oliveira, Bióloga.